Qual melhor forma de importação da China

Muitos querem importar da China tanto para uso próprio como para revender, porém, não fazem nem ideia de como funciona esse processo. Existem somente 2 tipo de importação: via CPF, pessoa física ou via CPNJ, pessoa jurídica, por empresa.

A melhor forma de importação seria a por pessoa jurídica porque se torna um bem comercial. Toda a importação que é feita por CNPJ, pode ser revendida depois. E como fazer esse tipo de importação de maneira certa e promissora?

Primeiro é preciso habilitar a empresa, fazer toda parte de documentação, como por exemplo, o radar, entre outros documentos onde você também vai precisar da ajuda de um contador. É um processo trabalhoso, mas após trazer o produto legalmente para o Brasil, basta vender com a nota fiscal para o consumidor final.

Esse processo é o mais seguro e o que mais funciona. Existe o método dropshipping, ao qual muitas pessoas vendem produtos importados, porém é ilegal, por ser feita através de CPF e o risco de ficar retido na receita federal é certo. O importador até consegue fazer esse tipo de venda por um tempo, mas chega um ponto em que ele não consegue evoluir mais em seus negócios, sem aumentar seu volume de compra.

O melhor sempre é juntar um capital ou procurar um investidor que acredite no seu produto e depois disso, importar legalmente pagando todos os impostos e seguir os trâmites de uma importação via CNPJ. Trabalhar com pouco na importação buscando sucesso, com certeza não é viável, servirá somente para um aprendizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima